especial - star wars

E HOUVE UM DESPERTAR

A magia por trás de Star Wars

APROXIME O MOUSE

POR MAX SOUZEDO  -  17/12/2015

FACEBOOK

GOOGLE+

TWITTER

  •  

  •  

  •  

  •  

f

g+

Em Dezembro de 1977 houve um despertar... você sentiu isso? Se como eu, esteve lá sentado na sala do cinema, olhando extasiado para uma enorme nave surgindo na tela, embalada por uma sinfonia de sons e efeitos especiais impactantes, provavelmente sim.

 

E como se descreve esta sensação? Veja se você não sente isso ao ver alguma cena de Star Wars: uma leve ansiedade, acompanhado por uma sensação de euforia e um olhar extasiado.

 

Mesmo após quase 40 anos, ter assistido diversas vezes os 6 episódios da maior Saga que o cinema já produziu, esta sensação me acompanha, assim como acompanha milhares e milhares de fãs em todo o mundo. O que há por trás desta magia? Por quê Star Wars nos encanta tanto?

O que George Lucas e sua equipe fizeram para conquistar tantos fãs?

será que despertar da força irá despertar uma nova geração de fãs?

Uma SAGA que mudou a história do cinema

O sucesso de Star Wars seria sua história? Veja bem: imagine um jovem cineasta desconhecido que sonhava em fazer uma aventura espacial com elementos místicos, onde um pobre rapaz resolve resgatar uma princesa em perigo com a ajuda de um mago, dois robôs e um malandro contrabandista, acompanhado de seu estranho cachorro com cara de schnauzer num corpo de urso. Parece ser um roteiro um tanto inverossímel não acha?

 

Imagine isso ser apresentado numa época em que o Estados Unidos estavam desacreditados após a derrota no Vietnã, onde filmes que mais faziam sucesso eram de catástrofes, das vitimas do guerra ou de drama social. É quase um milagre George Lucas ter conseguido aprovação dos estúdios para tocar o filme, ainda mais pela forma que ele queria produzir.

 

Porém havia um elemento que atrairia o interesse do público, a volta da ficção cientifica! Que desde o final dos anos 60 estava sumido do mundo do cinema. Embalado pela volta das viagens espaciais pelo lançamento do ônibus espacial, a ficção cientifica traria algo de orgulho aos americanos e um sopro de esperança para eles. Lucas soube bem pegar este espírito, misturando elementos místicos com um pouco de opressão ditatorial de um poderosíssimo império (que lembra o nazismo) e claro de superação, onde uma trupe de rebeldes consegue derrotar este império. Não é a toa que o primeiro episódio se chama Uma Nova Esperança.

 

Star Wars inaugurou um movimento de filmes com temas de ficção científica e aventura, na verdade uma verdadeira enxurrada: Contatos Imediatos do Terceiro Grau, a volta de Star Trek, ET, Indiana Jones… isso sem contar seriados, desenhos animados, quadrinhos e brinquedos. Inaugurando a era dos blockbusters, dos filmes família, em que pais levam seus filhos ao cinema para se divertir. Mas seria apenas isso?

Star wars inaugurou

a era do blockbuster,

com filmes campeões de bilheterias que faturaram milhões com licenciamento de seus personagens e

com merchandising.

os efeitos especiais que causaram UM

efeito sem precedentes na indústria

Quem não se empolga com uma Millenium Falcon desviando de meteoros enquanto é perseguida por Tie Fighters do Império? Ou se impressiona com o duelo de sabres de luz entre Jedis e Siths? Ou vibra com uma batalha entre naves do império e rebeldes no entorno da Estrela da Morte?

 

Até hoje os efeitos especiais de Star Wars impressionam! Mais do que qualquer Transformers ou filme de Super Heróis e toda sua computação gráfica. Há algo icônico nos efeitos especiais de Star Wars, ela parece mais próxima de nós, mais tátil, sua escala apesar de grandiosa é mais real, as naves e os ambientes são sujos e gastos.

 

Star Wars inovou ao trazer os efeitos especiais ao nosso habitat natural: desertos, geleiras e florestas. Como se fosse algo próximo do real. Isso impressionou tanto, que trouxe uma indústria de efeitos especiais que mudou a forma de produção no cinema.

 

O filme permitiu que George Lucas criasse a primeira grande produtora de efeitos especiais: a Industrial Light and Magic e passou a produzir efeitos especiais para os maiores filmes da indústria. Mas seriam os efeitos especiais o segredo de Star Wars? Claro que não!

Havia muito mais...

DUELO DE SABRES DE LUZ.

a maior sacada que lucas

e sua equipe tiveram para reviver os duelos de espadas no cinema. através de um simples efeito de projeção criou a mais icônica arma da galáxia.

Millenium Falcon. depois da enterprise, é a nave mais famosa do cinema. COM seu design, que lembra uma ferradura, atraiu milhares de fãs com perseguições incríveis, desviando-se de meteoros e naves do império.

batalhas espaciais são o ápice das histórias de star wars. porém foi a batalha de hoth, feita em solo, que  mais chamou atenção, graças aos enormes at-at walkers.

2001 - a SINFONIA espacial que inspirou A ÓPERA DE star wars

A ÓPERA ESPACIAL E

A SINFONIA DOS EFEITOS SONOROS

Seis meses depois de ter assistido uma Nova Esperança, meu pai me levou ao cinema para assistir um filme que, segundo ele, era mais bem feito que Star Wars e muito parecido com ele, não só nos efeitos especiais mas principalmente por ter como pano de fundo uma sinfonia, no caso a 8ª Sinfonia de Beethoven.

 

Que filme era este? Nada mais nada menos que 2001 Uma Odisseia no Espaço! O antológico filme de Stanley Kubrick e Arthur C. Clark, me impressionou com suas cenas espaciais embaladas pela 8ª Sinfonia de Beethoven. De fato 2001  se assemelhava com Star Wars, nesta parte. Sem entender nada da história, principalmente seu final (nota: eu tinha apenas 10 anos de idade) em minha ignorância eu desdenhei do filme e disse que era uma cópia descarada. Meu pai indignado olhou para mim e disse: Mas filho este filme foi feito a 10 anos atrás, em 1968!

 

A geração do meu velho havia sido surpreendida naquela época com este filme, assim como a minha geração foi em Star Wars.

 

Era óbvio que George Lucas havia se inspirado em 2001 para construir Star Wars, mas foi mais na parte musical do filme. Lucas inseriu um dos ingredientes mais importantes para a magia da saga: John Williams e Ben Burtt.

 

John Williams é um dos maiores compositores musicais para filmes da atualidade. Antes de Star Wars havia feito a famosa trilha do filme Tubarão para Steven Spielberg. Convidado por Lucas (amigo de Spielberg) ele não imaginava que iria compor a maior Sinfonia já feita na história do cinema!

Feche os olhos, ouça e imagine. Mesmo não sendo fã de star wars

você já ouviu e se emocionou com algumas destas trilhas:

O hino.

A marcha.

A romântica.

Mas não foi apenas a bela trilha, responsável por toda essa magia, se colocarmos combinados aos efeitos sonoros criados por Ben Burtt, foi um dos grandes trunfos da Saga. Preste atenção nos sons do video abaixo:

A respiração ofegante de Darth Vader, a eletricidade dos sabres de luz, o som das engrenagens que junto com a trilha compõe uma verdadeira sinfonia de sons e imagens.

Personagens que se tornariam ícones

da cultura nerd

Seria então os personagens icônicos de Star Wars? Por quê eles nos cativam tanto? Nunca na história deste universo nerd, personagens de um filme causaram tanto furor.

 

Inspirados em livros famosos de fantasia, como Senhor dos Anéis e John Carter of Mars.

Os personagens de Star Wars cairam rapidamente no gosto do público, graças ao carisma

e o talento dos atores que os interpretaram:

O MALANDRO que conquistou os fãs

O personagem mais carismático de Star Wars não é um Jedi ou um Lorde Sith, e sim um malandro contabandista, pouco ético, cético e temperamental. Interpretado por Harrison Ford, Han Solo chamou atenção justamente por suas falhas de caráter, que o aproximou mais do cara real, que erra, conserta as coisas do seu jeito, mas que no final prova ser um verdadeiro herói.

O HERÓI, o salvador e seu sabre de luz

Luke Skywalker é o clássico personagem que parece ser simples, humilde, sonhador mas é o escolhido para ser o salvador do Universo e derrotar o lado negro da Força. Apesar de não ter o carisma de Harrison Ford, Mark Hammil conseguiu levar bem a transformação de um jovem simples, atormentado pelo seu passado para um poderoso Cavaleiro Jedi.

A princesa mais polêmica da galáxia

Leia está longe de ser uma princesa convencional, alias se comporta justamente ao contrário, se tornando uma combatente rebelde, pegando em armas, mais próxima da mulher independente. Além de se envolver em algumas polêmicas tais como um triangulo amoroso com Han e Luke (sendo que este sem saber era seu irmão!), aparecer de forma bem sensual e tomar um beijo de lingua do Jabba! Urgh!!!

o mais adorado vilão do cinema

Darth Vader. Este é o principal nome de toda a saga. De um garoto aventureiro, para ser o escolhido para liderar todos os Jedis, ele acaba sucumbindo ao Lado Negro da Força.

Com sua voz grave, acompanhada de uma assustadora respiração ofegante, numa armadura negra que lembra um misto de samurai com soldado nazista. Se tornou um ícone da cultura pop.

OS COADJUVANTES QUE ALCANÇARAM

STATUS DE ídolos

A dupla de robôs C3PO e R2D2 chamaram atenção pelo seu carisma, justamente por terem emoções humanas como medo, valentia e humor

Chewbacca. Um misto de cachorro, com corpo de urso e que rosna o tempo todo, se tornou um carismático e fiel companheiro de Han Solo

Quem poderia imaginar que o maior mestre Jedi da Galáxia é um velho alienígena baixinho e que troca as palavras na hora de falar

Se fossemos colocar todos os personagens coadjuvantes que fizeram sucesso em Star Wars, teríamos uma boa lista. Por quê eles chamaram tanta atenção é algo inexplicável. Talvez por serem robôs, alieníginas, caçadores de recompensas, monstros e até mesmo espaçonaves

(já se esqueceram da Millenium Falcon?) com personalidade.

Formados não apenas pelos engraçados rôbos R2D2 e C3PO e pelo adorável Chewbacca,

mas também chamaram atenção o mestre YODA, Bobba Fett, Jabba o Hutt, Darth Maul e o Imperador Palpatine. Cada personagem, mesmo com pequena participação, tem uma personalidade única que cativou o público.

A Influência de star wars na cultura pop

A partir de 1978 o sucesso de Star Wars foi consagrado como a maior bilheteria da época arrecadando 775.398.007 dólares. Entre os muitos prêmios que o filme recebeu, ganhou

dez nomeações ao Oscar, vencendo seis: melhor trilha sonora, melhores efeitos visuais, direção de arte, edição de som e figurino. Star Wars criou um rastro de filmes (6 ao todo), séries de TV, livros, quadrinhos, desenhos animados e brinquedos! Muitos brinquedos!

 

Isto gerou uma grande influência na cultura pop, a magia de Star Wars está presente em vários lugares:

A influência de star wars na cultura nerd

A FORÇA desperta para uma nova geração

Quase 40 anos se passaram após o surgimento da primeira Trilogia: Nova Esperança, Império Contra Ataca e Retorno de Jedi. Neste meio tempo a franquia de Star Wars ganhou novo fôlego com uma nova trilogia contando a história de Darth Vader e Obi Wan Kenobi. Os pôlemicos episódios: Ameaça Fantasma, Ataque dos Clones e Vingança dos Siths não tinham o mesmo carisma da Trilogia original. Mas ainda assim mantiveram a magia acesa.

JJ ABRAMS E A NOVA GERAÇÃO DE STAR WARS

Passado alguns anos com desenhos animados em computação gráfica, eis que a franquia sai das mãos de George Lucas e passa a fazer parte da Disney.

 

A Disney tem grandes planos para Star Wars, que se inicia com uma nova Trilogia que vai contar o que aconteceu após Retorno de Jedi.

 

Seu primeiro filme Despertar da Força, dará o ponta pé inicial para uma nova safra de personagens, filmes derivados, desenhos animados e brinquedos para conquistar uma nova geração de fãs, além de agradar os fãs mais antigos.

 

A expectativa é grande pois nesses tempos em que a tecnologia é muito presente no nosso dia a dia - Star Wars terá que provar que ainda assim consegue emocionar, contagiar e mostrar que toda sua FORÇA vem da paixão de seus fãs, que se tornaram pequenos cineastas imaginando cenas, filmes e histórias com seus personagens preferidos. JJ Abrams é um desses fãs, que não só vai realizar o sonho de fazer um filme de Star Wars como satisfazer a expectativa de milhões de fãs e despertar a força para uma nova geração.

 

Então qual seria a magia de Star Wars? Os efeitos? Os personagens? A sinfonia? A história? O marketing? Um pouco de tudo isso. Mas também pode ser algo mais, uma a Força misteriosa! Como diria Yoda - "A Força é algo invisível que nos cerca e liga a todos: os heróis, os vilões, os robôs, as espaçonaves, as criaturas, George Lucas, JJ Abrams e os fãs."

E que esta Força desperte em você.

VEJA TAMBÉM:  DEMOLIDOR / OS LIVROS DE STAR WARS / O CRIADOR DE JESSICA JONES

QUER ESCREVER

PARA O

MULTIVERSO?

Envie um e-mail e submeta sua matéria para: